Poeta da Semana – 25.Fev a 2.Mar

Posted: 24/02/2008 in Sem categoria
 
 
 
 
 
 
 
Foto: Luis Royo

 

Dando seguimento a uma sugestão do nosso amigo Paulo Coelho, e com o manifesto apoio de

muitos outros amigos, “Rascunhos & Sentimentos” solicitou ao Poeta da Semana que nos

indicasse um tema sobre o qual gostasse de ver os nossos escritores “rascunhar”.

Visto que a nossa poetisa, esta semana, é a nossa amiga Flor, o tema indicado por ela é:

 

"As Desigualdades Sociais" no âmbito dos deficientes.

 

Dêem largas à imaginação e deixem-nos os vossos textos via comentário até ao final da semana.

 

 

Anúncios
Comentários
  1. cor de rosa diz:

    O amor é a poesia dos sentidos!
     
    O amor acrescenta uma preciosa visão aos olhos!
     
    bjs carinhosos sempre,
     
    Parabens pelo texto!!

  2. António diz:

    Gostei da imagem criada pelo poema, teve na verdade poesia.
    Vim agradecer o carinho das vossa vistas e felicitar os promotores desta ideia que me parece de muito interesse.
    Carinho do Zumaia

  3. Flor diz:

     
      http://cid-1e85f1ca5b05f586.spaces.live.com/
     
    “Rascunhos & Sentimentos” tem o prazer de vos apresentar o “Poeta da Semana”. 
     
    FLOR
     
    "Flor Solidária"
     
    “Rascunhos & Sentimentos”

      Prémio Leya 2008
     

    Como agradecer tão nobre Prémio?
    Poeta não sou, nem nunca tive pretensões a sê-lo.
    Uso a poesia como forma de expôr e transmitir os meus
    sentimentos.
     É uma honra ser escolhida por vós como "Poeta da Semana".
    Só consigo dizer-vos, OBRIGADA, OBRIGADA.
    Pediram-me que apontasse um tema para ver retratado
    esta semana.
    Escolhi "As desigualdades Sociais" no âmbito dos deficientes.
     Participe.
    Elaborei um Poema como forma de agradecimento
    e quero dedicá-lo
     aos meus alunos, a Rascunhos e Sentimentos…
     Assim como a todos VÓS.

    Uma Semana Feliz.

    Vamos dedicar esta semana a todos aqueles
     que mais necessitam de nós.
    Para isso não precisamos muito, só precisamos
     5 minutos da nossa semana para nos questionarmos
     como vemos e apoiamos aqueles que embora "Diferentes em aparência" 
    são "Iguais em Sentimentos".
    Um beijo bem doce no teu lindo Coração e uma Semana Feliz.
                                                          Flor 

  4. Flor diz:

    “DIFERENTE”
    Sou diferente e daí?
    Foi Deus que assim quis…
    Percam os preconceitos
    Pois eu mereço respeito.
    Possuo limitações
    Mas também tenho emoções.
    AMO, SOFRO E AGONIO
    Com sentimentos de desprezo.
    Não tenho doença contagiosa
    Mas uma alma prodigiosa.
    Quando me olhar bem de frente
    Vê que sou diferente.
    Diferente
    Mas não…
    Indiferente.
    Em vez de me julgar pela aparência
    Julgue-me em consciência.
    Flor

  5. Camila Lauria diz:

    Bom dia!!
    O lugar para ser feliz é aqui.
    O tempo para ser feliz é o agora.
    Tenha sempre atitudes positivas,
    para que você se sinta com muita energia
    e possa espalhar essa força aos outros
    que estão ao seu redor.
    Faça com que sua felicidade seja incrivelmente contagiosa,
    e que não haja vacina para combatê-la.
    Faça com que aconteçam muitas surpresas em sua vida,
    e das boas…
    Acorde todos os dias com um lindo sorriso,
    e ligue, neste momento,
    o seu motor de ignição da felicidade
    para que tenha um lindo dia!
    E seja sempre muito feliz!

    Estarei viajando amanhã para Argenina, Chile e Peru,
    ficarei 15 dias!!!
    Vou adorar retornar e encontrar o seu recadinho…
    Muito obrigada!!
    Que Deus abençoe você em todos os seus dias…

    Que todos os seus dias sejam iluminados !!!
    Beijos
    !*!* Princesa Camila *!*!

  6. Flor diz:

    "Diferente"
    Sou diferente e daí?

  7. Marcelle diz:

    "As Desigualdades Sociais" no âmbito dos deficientes."
     
     
    Nunca foi fácil lidar com as diferenças neste mundo tão desigual.
    A diversidade está em toda parte,
    basta que comparemos alunos de uma mesma classe escolar,
    para percebermos que as diferenças existem pois que
    cada ser humano é único e tem seu próprio rítimo.
    O nosso imortal Paulo Freire nos diz que a visão do educador
    deve ,necessáriamente, respeitar o educando, ou seja,
    " ensinar exige reconhecimento e assunção da identidade cultural."
    A valorização do outro, respeitando suas peculiaridades
    é muito importante a fim de que possamos entender e aceitá-lo
    como  um ser humano que, embora "diferente" é igual a mim
    em muitas coisas.
    Trabalho numa escola municipal em Salvador,
    onde esta realidade é trabalhada diariamente por toda
    comunidade escolar pois que somos uma escola inclusiva.
    Trabalhei um projeto de arte, com base na Lei 10639/03
    que altera a Lei 9394/96, que estabelece as diretrizes e bases
    da educação nacional, para incluir no currículo oficial da
    Rede de Ensino, a obrigatoriedade da temática
    "História e Cultura Afro-Brasileira". Esse projeto tinha por nome:
    "Diversidade Colorida, uma paixão pela arte"
     
    Ele foi transformado em um blog, em 2005 e está lá no Live 
    para quem quiser ver. Todos os posts de 2005 e 2006 se referem a este assunto.
    Nos álbuns de fotos , os mais antigos, tb há muitas coisas em
    relação aos assuntos tratados sobre preconceito e desigualdade social.
    http;//marcelleba.spaces.live.com
     
    "Todas as crianças, diferentes entre si, são iguais
    na alegria de sonhar…"
     
     
     
     
     
     
    tração ao assunto

  8. Marcelle diz:

    Convivemos com pessoas "diferentes" sempre.
    Deixo aqui uma poesia , que não é minha, porém que gosto muito
    de trabalhar com meus alunos:
     
    CORES
    Emily Mackinnon- EUA
     
    A cor dos meus olhos ou da minha pele
    vermelha, amarela, negra ou azul
    são só aparência.
    Por sua causa não deixe morrer
    o que pode existir entre mim e você.
     
    Nem religião, nem idade, nem sexo
    ou se tenho dinheiro, se sou instruído.
    Nada disso importa, nada tem sentido.
     
    Ouça o que importa, confie em nós
    igualdade, justiça, um mundo sem guerra
    e varrer o racismo da face da terra.
    ~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.
     
    Com muito carinho, o meu depoimento como ser humano e professora
    de arte educação numa escola inclusiva da rede municipal de Salvador/Ba
     
     

  9. ♣ Ąηηα diz:

    ____________**__**_____*___________***_*__*_____*__________****_____**___******_________*****______**_*______** ________*****_______**________*_**________*****_______*_______* ________******_____*_______*_________******____*______*__________********_______*__***_________**______** *******__________**_*******_________* __******_________*_*___***___*_______** ___________*_____*__*_______****_*___* _____******__*_**____*******___** ____*****______*____**_________*_____*_________*_____________*_*______________**
     
    Trago uma flor para uma Flor!
     
    E nesta Chuva de Amor deixo-me levar por btão singelas palavras
    que sem nenhum efeito especial vão dizendo o que lhe vai na alma.
    E o tema… é o que mais me agrada… O AMOR… sou um coração
    de manteiga… eternamente apaixonada…
     
    Beijo Flor! Todo o meu carinho que me mereces.
     
    Um abraço para voces e mais uma vez pela escolha.
    Feliz Semana
     
    **Anna**
     

  10. Angelina diz:

    Se nós conhecessemos o reino
    Escondido, onde habitam todas as almas.
    O caminho que para lá nos conduz
    Passa pelos pântanos brumosos da morte.
    Nesta passagem fora do tempo
    Dança uma luz orientadora.
    Perdida na memória consciente.
    Mas visivél no transe
    Aos olhos do homem todos
    somos diferentes…
    Aos olhos de Deus,
    Todos somos iguais. 
    Os que são surdos mudos!
    Cantam em silêncio
    as suas letras de amor…
    Os  que são cegos!
    Vêm com a alma…
    Os que não ouvem!
    Fazem dos seus olhos!
    O seu potêncial sentido…
    Os paraplégicos desenvolvem
    suas capacidades mentais…
    E porque são estas pessoas diferentes???…
    Porque Deus assim o quis.
    Vemos todas estas diferenças,
    apenas com os olhos…
    Quando se olha uma criança
    com amor, dificiênte ou não…
    São Almas filhos de Deus.
    Sem diferenças…
    É utopia dirão!!!…
    É claro tenho bém consciência
    que as coisas não são assim,
    também trabalho com crianças,
    estas diferenças são notórias na nossa
    sociedade ,por quem são rejeitados.
    Sei que não é fácil…
    Há poucas respostas.
    A nivél humano! vai-se fazendo
    o possivél para que crianças diferentes
    tenham o mesmo direito que tem
    outra criança diferente.
    Deixo os meus parabens à FLOR
    Muito bém merecido ,dignifico ,
     e louvo seu trabalho.
    E a vós mais uma vez
    os meus parabéns pelas
    vossas iniciativas.
    Desejos de um bom domingo
    Um abraço
    Angelina
     
     

  11. Vitório diz:

    Em termos do seguimento em relação á ideia do amigo Paulo Coelho, cá fica o meu contributo singelo, pois é com algum constrangimento que registro nos jornais, televisivos, certas abraços que ainda existem em relação á pessoa com deficiência desde barreiras arquitetônicas, aos apoios concedidos pelas autoridades do nosso país

    Solidariedade
    Vamos dar vós!
    A quem não tem vós!
    A deficiência, não pode, nem deve ser!
    Um estigma!
    Nem um enigma!
    E a solidariedade, uma palavra vã!
    Vamos todos!
    Lutar! Em todos os cantos do planeta terra!
    Enterrar armas de guerra!
    Guerrear com gestos de amor!
    Suavizar a dor!
    Erradicar, desigualdades!
    Criar oportunidades!
    Independentemente de cada mazela!
    Criar em todos uma nova estrela!
    Seu nome!
     Solidariedade!
    Vitorio Gil

  12. Vitório diz:

    no meu comentário onde se lê abraços deve ler-se aberraçoes.

  13. ♫ Дlмα diz:

     
    Olá, boa tarde!
    Passei para cumprimentar a Flor, minha amiga que tanto prezo.
    Um beijo para ela e para voces.
    Voltarei mais tarde para eixar um texto…. se me sair alguma coisa….
     
    Alma
     

  14. ॐ♥ Liz diz:

    Olá, boa noite !
     
    Li o poema da Flor e fiquei muito agradada.
    Não a conhecia mas quero passar no seu espaço pessoal para conhecer melhor a sua poesia.
     
          Parabéns à flor pelo poema e ao Rascunhos pela escolha !
     
    Passarei mais tarde para deixar o meu texto sobre o tema indicado.
     
    Votos de um bom inicio de semana para todos
    Um beijo especial para a Flor que é a pessoa visada neste comentário.
     
    Liz
     

  15. Marcelle diz:

    EM PRIMEIRO LUGAR OS MEUS PARABÉNS À POETISA
    PELA LINDA POESIA.
     
    Em relação ao tema proposto pela Flor, gostaria de dizer que
    nunca foi fácil lidar com as diferenças neste mundo tão desigual
     racista e tão cheio de preconceitos.
    A DIVERSIDADE ESTÁ EM TODA PARTE… Basta que comparemos
    os alunos de uma mesma turma para percebermos que as diferenças
    existem, pois que o ser humano é único. Embora saibamos de tudo isso,
    também temos o conhecimento que emoções e sentimentos é comum
    a todos nós.
    O nosso imortal educador Paulo Freire nos ensina que q visão do educador
    deve, necessariamente, respeitar o educando, ou seja, " Ensinar exige
    reconhecimento e assunção da identidade cultural". A valorização do outro
    respeitando suas peculairidades é muito importante a fim de que possamos
    entender e compreender a importância do outro como um ser igual a nós
    em vários aspectos e o aspecto essencial do HOMEM como SER é o sentimento.
     
    Deixo aqui uma poesia de uma jovem negra americana.
    Qd ela escreveu esta poesia ainda era uma criança:
     

    CORES
     
    A cor dos meus olhos ou da minha pele
    vermelha, amarela, negra ou azul
    são só aparência.
    Por sua causa não deixe morrer
    o que pode existir entre mim e você.
     
    Nem religião, nem idade nem sexo
    ou se tenho dinheiro, se sou instruído.
    Nada disso  importa,nada tem sentido.
     
    Ouça o que importa, confie em nós
    igualdade, justiça, um mundo sem guerra
    e varrer o racismo da face da terra.
     
    Parabéns mais uma vez.
    Com carinho, Marcelle
     
     
     
     
     
     

  16. valdemiro diz:

      Amigos achei a idéia otima e o poema
    da Flor muito bonito.
     "Sertão do Judas"
    Faz parte do meu livro que estamos tentando 
    editar agora, bem, gosto de participar e aí está.
    Um abraço a todos.
     
     
    Sertão do Judas
     
         A—VALDEMIRO MENDONÇA
     
    Com sua trouxa na cabeça,
    vem dona Maria do pinico
    Carregando a roupa suja.
    para lavar no velho Chico.
     
    É de segunda a segunda,
    entra janeiro sai janeiro.
    Pescando e lavando roupa,
    pra ganhar pouco dinheiro
     
    É o tal de nascer com a sina,
    para enfrentar o sol e o frio.
    Ficar velha lavando roupa,
    e pescando na beira do rio.
     
    E mais três já bem mocinhas,
    Cotinha, Joana e Desimar!
    Casam e o homem abandona,
    buscando sonhos noutro lugar,
     
    Só tem duas formas de viver,
    neste sertão cheio de risco,
    Se nova… Quenga de coronel,
    velha… Pescando no Chico.
     
    Entra década e acaba década,
    já é aceito como destino cruel.
    Acabar velha no velho Chico,
    Depois de  quenga de coronel.

  17. - diz:

    Venho agradecer sua visita..
    Amei o Poema da minha amiga Flor..
    MUITO Lindo ..Parabéns amiga Flor!
    meu carinho sempre Lena

  18. Maria diz:

    Por incrível que possa parecer a definição da palavra deficiente no dicionário da Lingua Portuguesa é falho, imperfeito, insuficiente.
    Partindo deste príncipio não será dificil perceber como chegamos às desigualdades sociais neste grupo de seres humanos, que por esta ou aquela razão nasceram ou desenvolveram qualquer tipo de falha ou imperfeição, naquilo que são considerados os parâmetros da normalidade.
     
    As desigualdades sociais são já um mal enorme da nossa sociedade, quando as mesmas são agravadas por um qualquer tipo de deficiência, seja ela fisica ou psicológica, tornam-se gritantes, insuportáveis e muito dificeis de ultrapassar.
     
    Na sociedade de hoje, a perfeição, ou a pseudo-perfeição atingiu o seu auge. Vimos crianças com 12 anos a "passar fome" para poderem ser de acordo com o que veêm nas revistas e televisão. Vimos os deficientes com menos apoios (a todos os níveis) que todos os outros grupos sociais marginais desta sociedade consumista.
     
    Os deficientes, hoje em dia, são postos completamente à margem da sociedade, como se a própria deles tivesse vergonha. Uns lutam, outros desfazem.
    Viver já não é fácil, imaginem viver com um qualquer tipo de deficiência. É pedido, a quem já tem um handicap um esforço extra, para ultrapassar os obstáculos que esta sociedade de "perfeitos" inventaram para viver.
     
    Tenham vergonha! Deixem de pensar só em vós. Não é para isso que estamos neste Mundo!
     

  19. diz:

    Olá é um prazer está aqui nesse spaces criativo e acolhedor obrigada pelo convite meus parabéns pela iniciativa e o resultado está ai com nossa poeta FLor comseu lindo poema parabéns a todos tenham uma feliz semana. Um beijo.
     

     
    Natureza doação e vida!
     
    Meus irmãos de todos os lugares e crença
    O que seria de nós sem a proteção da natureza?
    Os rios secariam as andorinhas não fariam seus ninhos
    Não haveria os oceanos os golfinhos, baleias tartarugas.
    O campo não teria flores à chuva não existiria
    O mundo seria um deserto todos morreriam
    Minha gente fique alerta com nossa mãe natureza
    A amem a respeite a protejam sem ela não há vida!
     Lourdes

  20. Eduardo diz:

    Desde já dou os parabens por tão magnifico poema…o maor é sem dúvida o melhor dos sentimentos e mtas vezes serve de inspiração para tão belos escritos…
     
    Sobre o nosso tema da semana digo apenas que todas as pessoas mesmo sendo diferentes têm direito a viver e serem tratadas do mesmo modo como todas as outras…mtas vezes descriminadas e mal tratadas plo simples facto de serem diferentes…
     

    Diferente…
     
    Tão diferente se o sonho
    Não chega-se ao fim
    Não termina-se de repente
    Dura-se eternamente
     
    Diferente seria
    Se na vida…
    Os bons momentos
    Continuassem  para sempre
     
    Se as pessoas gostassem
    Das outras pessoas
    Não as magoassem
    Por elas serem diferentes
     
    Chorassem apenas
    Quando estão contentes
    E não por estarem prestes
    A acabar com a vida
     
    Tão diferente seria
    Se o mundo da gente
    Vive-se contente
    Sem guerras…em paz
     
    Todos nós
    Podemos ser diferentes
    Agarrem a felicidade
    Agarrem os sonhos
     
    Agarrem o poder
    De um dia…
    Sem medo dizer
    Eu foi diferente…

  21. Pukka diz:

    Oi amigo
    Obrigada pelas mensagens. É sempre um prazer te receber no meu blog, e vir visitar esta bela página feita com tanto bom gosto!.
    Um abraço e um excelente início de semana.
    🙂

  22. inexistente diz:

    "A cor é apenas o sinal mais evidente da diferença,
    porque o nosso racismo na verdade é contra aquele
    que não é como nós – preto, branco, mais alto, mais baixo,
    que cospe na rua ou usa o boné virado ao contrário.
    O nosso racismo, que se faz sentir de maneiras mais ou menos subtis,
    nasce do nosso medo do desconhecido.
    E a única forma verdadeira de o vencer é dar o desconhecido a conhecer "
     
    Um beijo Flôr, gostei do poema.
    Madalena

  23. ॐ♥ Liz diz:

    Todos diferentes todos iguais
     
    Diferente?
    Claro que sim …
    Mas haverá alguém no mundo
    Igual a mim … ou ti?
    Alguém que não sinta
    As suas imperfeições,
    Nem que seja por um segundo?
    Mas todos cedemos às emoções
    Quando nos olhamos lá no fundo…
    Nem todos temos as mesmas razões,
    A mesma força para viver
    Mas há quem precise muito mais
    Que a vontade de querer
    E é nesses temporais
    Que se dão a conhecer
    Aqueles que abrem o coração
    Para nele aconchegar
    As correntes da união,
    De amor e solidariedade,
    Que com a sua acção
    Formam um mundo de igualdade.
     
    Esta é a minha pequeníssima homenagem a quem, apesar do esforço acrescido que tem que despender, entra no voo da vida e tantas vezes voa mais alto que os demais.
     
    Para a Flor o meu bem haja pela escolha do tema, por motivos profissionais, é um tema que me toca particularmente.
     
    Um grande abraço para todos
    Liz  

  24. Eternamente diz:

    Venho dár um beijo há Flôr dizer que gostei particularmente
    e que gostei muito do tema, que se escreve e fala hoje
    por aqui, na realidade somos todos humanos, diferentes
    e iguais.Até na nossa porta uma "diferença" nos pode
    surpreender, por isso aqui estou a prestar a minha homenagem
    a todos os que lutam todos os dias pela iguldade.
    Mais tarde deixo um poema é isso que querem um poema
    sobre as desigualdade, não é?
    Abraços
    Eterna

  25. Milaica diz:

      Parabéns Flôr pelo lindo poema de amor.Gostei muito. Quanto ao tema escolhido ,deixo um rascunho um pouco longo porém verdadeiro.              O Chico é um "menino" ,um "menino homem "com 35 anos de idadee que nasceu com trissemia 21.De família humilde,ao Chico nunca nadafaltou.Nunca lhe falta amor,apoio sempre que se encontra doente,roupa  para vestir,comida …nunca lhe faltou nem falta nada.           O chico mora na minha aldeia e é um pouco "o filho" de toda a população.O chico sai de casa pela manhã e entra no café . Há sempre alguém que o chama para se sentar á mesa e tomar o pequeno almoço ou simplesmente um café,conforme seja o seu apetite.O chico é acarinhado por todas as pessoas.Não hácasamento na terra a que o Chico não compareça vestido a rigor. Não precisa de convite porque faz parte da família de cada um.  O Chico ,para nós,não é deficiente e nem diferente ;Sabem porquê?Porque amamos muito o Chico.   A desigualdade existe  onde não há amor ,infelizmente.   A desigualdade social começa dentro de nós…   Sabem porquê?   Porque a maior parte das pessoas tem vergonha de convivercom pessoas deficientes(detesto esta palavra mas tenho que a utilizar),vergonha e diria até que quase têm medo que a deficienciaseja contagiosa.       Para terminar e tenho noção de que já me alonguei demasiado,tenho que dizer que deficientes não são os que nasceram de algum mododiferentes,mas sim aqueles que evitam e repelem essas diferenças. Um Abraço.           Maria

  26. Maria diz:

    Bom dia,
    vim deixar mais uma vez o meu apoio total a esta causa
    e a tantas tantas injustiças deste Mundo
     
    um beijo para o Rascunhos e um doce para o sentimentos
    os da Flor vou deixar directamente com ela
     

  27. Quatro Estações diz:

     
    Bom dia poetas
    parabéns pela escolha desta semana
     
    para ela tenho
     
    Pedra FilososalEles não sabem, nem sonham,que o sonho comanda a vidaQue sempre que um homem sonhao mundo pula e avançacomo bola coloridaentre as mãos de uma criança.
    António Gedeão
     
    Para todas as crianças deste Mundo
     
    Beijos do Mar

  28. marly diz:

    Flor! Meus parabéns!
    É lindo o teu poema. Parabéns também pelo tema que você indicou para a poesia compartilhda, visto tratar-se de um assunto tão necessário.
     
    Beijos!!!!

  29. ॐ♥ Liz diz:

    Bom dia
     
    Mais uma vez venho agradecer as simpáticas palavras soltas no meu blog.
     
    Votos de um bom dia para todos
    Liz

  30. Maria Fernanda diz:

    Parabéns à Flor pelo poema…é lindíssimo e fala de uma forma muito suave da invasão do amor nos nossos corações.
    O tema por ela escolhido é muito pertinente pois vivemos num mundo de desigualdades em termos de oportunidades e abertura social a quem é portador de deficiência, embora, penso eu, as coisas tenham vindo a melhorar um pouco neste aspecto. Como professora, já tive oportunidade de trabalhar mais do que uma vez com alunos portadores de deficiências variadas e houve uma que me tocou particularmente…a garra e a coragem de uma jovem adolescente que tinha nascido com espinha bífida,o seu terno sorriso diário e a forma carinhosa com que a todos se dirigia jamais esquecerei..seria bom que todos tivessemos as mesmas oportunidades em função daquilo que somos capazes de fazer…infelizmente estamos ainda longe de tal .
    Um abraço
    MFernanda
     

  31. ........................ diz:

     Mis felicitaciones al Poeta de la Semana, Un saludo muy grande, y un abrazo a todos los intengrantes de este bello lugar.
     
     Brotan, textos bellos,
    de añoranza, y consuelo,
    mundo muy noble y compartido,
    grande, ilustre, como un sueño.
     
     Poetas, poetizas, amigos,
    de las letras mas humildes,
    soñadas frase, palabras creativas,
    que dan sentido, a todas voces.
     
    Soy…
            De las aguas del Atlantico ,
                d lo mas al Sur de Europa,
                     y nos vigila a todas horas
                              nuestro Teide gigante.
    Soy..
                                   De la tierra del Sol,
                   de la buena papa y el vino,
              del verde de nuestros pinos,
         y nuestra raza Los Guanches,
     
    Saludos, desde, Tenerife – Las Islas Canarias. Aqui, es la misma hora, que ahi.
          ><)º>      P&P      <º(><
     

  32. cor de rosa diz:

    O Mudo no Mundo
    Que mudo é esse?Que mundo é esse?O mudo no mundo.O mundo do mudo.O mudo nesse mundo tecnológico.O mudo nesse mundo lógico, ilógico.O mundo comprimindo aquele que é mudo.O mundo exigindo daquele que é mudo, O não ser mudo, o não ser surdo, pois quandoO seu mundo, o meu mundo, o nosso mundoPermeiam esse mundão, provocam a ação na Educação Tecnológica, Com emoção, com motivação, com relação nessa nova geração.Assim o mudo deixa de ser mudo, permitindoA construção, a desconstrução e a reconstrução de mundos tangíveis e intangíveis nesse mundão.de Simara Marques de Souza Mineiro
     
    Beijos carinhosos s a todos em especial para a amiga Flor!
    Boa noite.

  33. Maria diz:

     
    Bom dia poetas
     
    Quem aos olhos dar-me-á uma vertente de lágrimas, que manem noite e dia? Ao menos a alma, enfim, respiraria, chorando, ora o passado, ora o presente?
    Quem me dará, longe de toda gente, suspiros, que me valham na agonia já longa, que o afã tanto encobria? Sucedeu-me depois tanto acidente!
    Quem me dará palavras com que iguale tanto agravo que amor já me tem feito, pois que tão pouco o sofrimento vale?
    Ah! quem ao meio me abra este meu peito, onde jaz tanto mal, por que se exale tamanha coita minha e meu despeito?
    Sá de Miranda
     
    Beijocas doces

  34. Quatro Estações diz:

     
    Uma excelente tarde a todos os poetas e amigos
     
    pernoitas em mime se por acaso te toco a memória…amasou finges morrer
    pressinto o aroma luminoso dos fogosescuto o rumor da terra molhadaa fala queimada das estrelas
    é noite aindao corpo ausente instala-se vagarosamenteenvelheço com a nómada solidão das aves
    já não possuo a brancura oculta das palavrase nenhum lume irrompe para beberes
    Al Berto
     
    Beijos do Mar

  35. ♫ Дlмα diz:

     
    Boa Noite!
     
    Passei para a agradecer a vossa presença no meu espaço e pelo
    comentario com tanto bom gosto.
    Mando mais um beijinho bá minha queria Flor, pois esta é a sua semana e bem o merece!
     
    Quanto ao tema:As Desigualdades Sociais" no âmbito dos deficientes.
     
    Já quase tudo foi dito.
    Deixo aqui um áparte e falo de mim , particularmente como o comum dos mortais.
    Quando tive a graça de ser mãe e enquanto esperei pelo nascimento do meu filho, muitas
    vezes fui assaltada pelo receio de que ele nascesse portador de alguma deficiencia.
    Não estava nada preparada para uma situação dessas e não sabia como iria reagir a tal.
    Felizmente o meu filhote é uma criança normal e saudavel. Mas nunca deixei de pensar nisso
    e de observar quem teve o infurtunio de se deparar com isso.
    Admiro quem transforma as suas limitações em força e consegue autenticos milagres.
    E por isso, o meu bem haja a todos, a minha admiração profunda pois continuo sem saber se seria capaz.
    No entanto tenho ainda vivo um tio surdo mudo e desde muito pequena o meu maior prazer era vê-lo escrever
    o seu nome, era eu que o incentivava.
     
    Boa noite
    beijo imenso
     
    Alma
     
     

  36. diz:

    Olá é um prazer está aqui quero mas uma vez dar meus parabéns a Flor por seu lindo poema deixo aqui um beijo pra ela. 
     
    Quanto ao tema: Desigualdade Socias existe em todos os sentidos entendo que os dificientes sofra mais não dão a eles oportunidade de trabalho, entendo por deficiente todo aquele que não aceita as diferenças todos podem ser útil de alguma forma, portanto não considero as diferenças como incapacidade todos temos limites grandes ou pequenos, espero que um dia todos possam ser tratados sem diferença seja ela qual fôr. 
     Um abraço fica com Deus.
     
     Um abraço com carinho.
             Lourdes

  37. Angelina diz:

    " Diferente" 
    Olhei-te no espelho da vida
    E vi a inocênsia do teu rosto
    Sem dor da tua diferença…
    As tuas mãos hábeis
    Pegavam no pincel
    Pintando as palavras
    Em tons coloridos
    Com uma forte esperança…
    E na tua  frágil aparência
    Brotava a força suprema
    Da indomável derrota
    Que por seres diferente
    Atravessás-te fronteiras
    Venceste barreiras
    Deixáste fluir a vida
    Como protagonista
    Da tua própria existência
    Tiveste uma luta implacável
     Persistência inagualável
     Que te fez subir
    Aos palcos da Ribalta
    Onde outras crianças
    Vibraram com alegria
    A doce magia da dança
    Diferentes mas
    Iguais no sentir
    Iguais no lutar
    Iguais no amar
    Não sendo a tua diferença
    Motivo de te fazer parar
    Não sendo a tua diferença
    Motivo de não te fazer sorrir
    Fizeste mostrar que
    Mesmo sendo diferente
    O sol quando nasce
    É para todos.
     
    Dedicado a todas
     as crianças diferentes
     
    Angelina
     
    Deixo um abraço
    A este simpático cantinho
    Desejos de um bom fim de semana
    E boas ideias a boas iniciativas
     
    Angelina

  38. ♣ Ąηηα diz:

     
    Obrigado pelo comentario inspirado num livro que amei ler.
     
    Tenha um bom dia,
     

    ♥ _♥ _♥ _♥ ______♥ _♥ _♥ _♥
     
    A vida é como o oceano. A tristeza e a felicidade são os ventos.Os pensamentos são montanhas, que se erguem como ilhas. A vida de uma pessoa é o seu veleiro.Uma pessoa em harmonia é aquela que sabe usar os ventos como força
     para se impulsionar; usar as ilhas para o descanso na sua jornada;
    apreciar o balanço das ondas.E, ao final da jornada, abrir um sorriso e dizer: A viagem valeu!!!Que tu possa agir de forma a transformar a tua jornada tranquila.Porque a nossa vida, segue o rumo que damos à ela.
     
    ♥ _♥ _♥ _♥ ______♥ _♥ _♥ _♥
     
    Beijos e mais beijos…
     
    O meu carinho
     
    **Anna**

  39. Maria diz:

    Bom dia poetas e poetisas
     
    Para conquistar as tormentas seria capaz de muito até de sofrer. Mas para me perder no vento dos teus lábios que faria eu, senhor! Cruzar oceanos, caminhar montes e vales derrubar as árvores mais fortes. Tudo seria pouco. Qualquer proeza é mesquinha face à luz que ferve nos teus olhos. Meu deus, faz-me uma montanha tão alta que lhe alcance o coração
    Luis Rodrigues
     
    Beijocas doces
     
     

  40. ॐ♥ Liz diz:

    Boa tarde
     
    Mais uma vez aqui estou a agradecer a visita e o comentário ao meu espaço.
     
    Deixo um poema como forma de expressar o meu carinho por todos os poetas e amantes de poesia.
     

     
    Rosas belas
     

    Lindo é o frescor da manhãQue desabrocha as rosas mais belasQue enfeitam as donzelasEm suas pequenas cidadelas
    Uma delas quer destaque entre elasA cor não importa todas são belasMas ela queria mesmo ser rosa amarelaParecendo entre as cores uma aquarela
    Rosas nos roseiras que enfeitamJardins da velha estalagem aumentamO feitiço do poder das rosas alimentam
    Enquanto o amor não chega acariciamAs pétalas aveludadas de uma rosa ciamEsperando viver os sonhos que gostariam
    (Desconheço autor)
    Liz

  41. Céu diz:

    Se o céu é azulAs nuvens brancasAs folhas verdesAs flores de mil e uma coresPara quê a discriminação?Se há cães de várias coresE outros animaisTambémPara quê a discriminação?Entre os seres humanosO arco-írisTem várias coresUma maravilhaEntãoJuntemos um europeuUm africanoUm chinêsUm indianoE nesta panópliaDe coresVamos todos sorrirEm paz.(Pedro Valdoy)Bom fim de semana meus amigos poetas e poetisasBeijos da cor do Céu

  42. Paulo diz:

    VIDAS PRESAS
     
    São vidas que se consomem
    Sem terem o fogo à vista
    São as maleitas que as comem
    E não há quem lhes resista
     
    Presas à condição
    Amarradas ao destino
    Soltas de convicção
    E de espírito peregrino
     
    Depois de meia vida cheia
    De meia vida passada
    Resta agora outra meia
    Toda cheia de nada
     
    Com meia vida vazia
    Com falta de quase tudo
    Resta agora o dia-a-dia
    com o mínimo conteúdo
     
    Beijinhos e abraços
    Paulo Coelho
     

  43. inexistente diz:

    Eu de artes graficas não percebo nada, gostaria de ajudar
    mas aprendi o basico há pouco e ainda estou na Era dos descobrimentos…
    sugestao de alguem que se aceitar pode fazer um bom trabalho
     
    http://kathyw7.spaces.live.com/
     
    É apenas uma sugestão…Obrigado!
    Abraço
    madalena

  44. Eternamente diz:

    Podemos esquecer
    fechar os olhos
    Podemos ainda ignorar
    voluntariamente
    a diferença
    Podemos fingir
    sorrir como se nada fosse
    Podemos jogar um jogo
    loucamente sem parar
    numa tentativa de enganar
    Podemos ser pequenos em tudo,
    ou pensarmos que somos grandes
    e cruzar inteligêntemente os braços.
    No dia a dia podemos fazer-nos de
    "mortos", ler o jornal todos os dias,
    Podemos ficar por aqui e em silêncio
    esperar…
    Devemos???NÃO
    Porque somos mães, pais, tias, avós
    somos uma familia.
    Todos diferêntes e todos iguais.
     
    Com beijos de Eterna

  45. Maria Fernanda diz:

    Não passeias comigo
    porque não podes
     
    Não me respondes
    porque não podes
     
    Não me ouves
    porque não podes
     
    Não me dás a mão
    porque não podes
     

    mas dás-me o teu coração
    e porque ele é fonte de vida
    dás-me a tua vida
     e ajudas-me a viver.
     
    Beijinhos
    Maria Fernanda

  46. ミ★ Mari Alves diz:

    A busca da felicidade é uma constante.Embora o poder da gente se esbarre no medo.O medo de arriscar nos torna vulneráveis,nos priva da felicidade, de nossos sonhos.Dê razão a sua existência, tenha desejo…Tenha sonhos e tente realizá-los…Viva, e seja você sempre…Afinal, você existe!
     

    Que seu final de semana seja maravilhoso
     
    -:¦:-♥-:¦:- єѕ¢σяριαηαн -:¦:-♥-:¦:-

  47. ghost diz:

    A loja do SenhorUm dia entrei numa loja e vi um anjo atrás do balcão. Maravilhado com aquela visão divina perguntei-lhe: – Anjo do Senhor! O que vendes? E ele respondeu-me: – Todos os dons de Deus! Custam caro? – perguntei-lhe – Não! É tudo de graça, é só escolher. – respondeu oanjo. Então contemplei a loja e vi pacotes de esperança,vidros de fé, caixinhas de salvação, potes de sabedoria,e tantas outras coisas. Tomei coragem e pedi: – Por favor ! Embrulhe um vidro de fé, muito amor de Deus, todo perdão Dele, bastante felicidade, e salvação eterna para mim e todaa minha família. O anjo do Senhor anotou o pedido, separou os itens, e condicionou tudo num pequeno embrulho que cabia na palma da mão. Surpreso perguntei-lhe: – Como é possível caber tudo que lhe pedi, aqui nesse pequeno pacotinho? O anjo respondeu-me sorrindo: – Querido amigo, na loja de Deus não vendemos frutos, apenas sementes.Autor Desconhecido

  48. lua diz:

    para a Flôr um beijo imenso…porque devagar, devagarinho foi caindo de mansinho no coração de quem a acolhe…
     
    e ser diferente?!!
    ser diferente quando se sente?
    ser diferente quando se ama
    porque diferente?
     pulsa um coração
    onde está a verdade e a razão
    de se ser gente!
     
     Um beijo
     
    Lua

  49. Maria diz:

     
    Agradeço o convite
    mas não tenho jeito nenhum para as artes gráficas
    venho desejar um lindo fim de semana
     
    Conheço o SalConheço o sal da tua pele secadepois que o estio se volveu invernoda carne repousando em suor nocturno.Conheço o sal do leite que bebemosquando das bocas se estreitavam lábiose o coração no sexo palpitava.Conheço o sal dos teus cabelos negrosou louros ou cinzentos que se enrolamneste dormir de brilhos azulados.Conheço o sal que resta em minha mãoscomo nas praias o perfume ficaquando a maré desceu e se retrai.Conheço o sal da tua boca, o salda tua língua, o sal de teus mamilos,e o da cintura se encurvando de ancas.A todo o sal conheço que é só teu,ou é de mim em ti, ou é de ti em mim,um cristalino pó de amantes enlaçados.
    Jorge de Sena
     
    Beijocas doces
     

  50. Maria Fernanda diz:

    Olá
    Agradeço muito o convite , mas não tenho muito jeito nem entendo muito de artes gráficas.
    Lamento não poder participar.
    Um bom domingo.
    Um abraço

  51. Quatro Estações diz:

     
    Bom fim de semana rascunhos, sentimentos, poetas, poetisas e amigos
     
    De tarde, no campo, nenhum pássaro cantou;e só neste fim de dia um vento traz o assobioda primavera melancólica: despedidas,imagens breves, nenhuma inspiração. O sopro nocturno,porém, anuncia um reflexo de espelho no fundodo corredor. A voz surge de um dos quartosem que a ausência se perde. Um baçomurmúrio se aproxima do gemido que evocao mar – sem que a onda se decida, quebrandoo som agonizante. Então, abro a portae chamo-te; sabendo que só a noite me responderá.
    Nuno Judice
     
    Beijos do Mar

  52. Angelina diz:

    SEM RETORNO
    Foste como um pássaro
    Que emigrou…
    As asas doeram,
    E não mais voltou…
    Sem retorno
    Como as flores
    Que tombam,
    E vão renascer
    Em outras margens
    Com outros odores
    Em outras paisagens
    Em outras sementes
    Com outros amores.
    Partiste levando contigo
    A banda da minha música
    E na pedra da tua festa
    Puseste a minha rosa
    Na confusão
    da viagem
    Sem retorno.
    Desejos de um bom fim de semana.
    Com os meus cumprimentos e agradecimentos
    Pela vossa amável visita.
    Um beijo
    Angelina
     
     

  53. inexistente diz:

     . . . . . . . . . . . . . . . . .* . . . . . . . . . . .*. . . . . . . ** * . . . . .. . . . . .*** . . * . . ***** . . . . . . . . . . .** . . **. . . . .* . . . . . . . . . . ***.*. . *. . . . .* . . . . . . . . . .****. . . .** . . . ****** . . . . . . . . . ***** . . . .**.*. . . . . ** . . . . . . . . .*****. . . . . **. . . . . . *.** . . . . . . . .*****. . . . . .*. . . . . . * . . . . . . . .******. . . . .*. . . . . * . . . . . . . .******* . . .*. . . . .* . . . . . . . . .*********. . . . . * . . . . . . . . . .******* . *** *******. . . . . . . . .** .*******. . . . . . . . * . ******. . . . . . . . * * . .***. . *. . . . . . .** . . . . . . .*. . . . . * . . . . .****.*. . . .* . . . *******. .*. .* . . .*******. . . *. . . .*****. . . . * . . .**. . . . . .* . . .*. . . . . . **.* . . . . . . . . . ** . . . . . . . . .* . . . . . . . . .* . . . . . . . . .* . . . . . . . . * . . . . . . . . * . . . . . . . . * . . . . . . . . * . . . . . . . . *
      BOM FIM DE SEMANA A TODOS
    OS MEUS AMIGOS E OBRIGADO
    PELAS MENSAGENS DOCES QUE ME DEIXAM
    NO MEU E TEU TEMPO.
    UM ABRAÇO
    MADALENA

  54. inexistente diz:

    E no canto de amor assimSempre vão surgir em mim novas fantasias.Sinto vibrando no arE sei que não é vãA cor da esperançaDa esperança no amanhãum beijinho e um bom fim de semana

  55. maria diz:

    Agradeço o convite.e um bom final de semana:
    OBRA SUPREMA
    Na brancura do teu corpo de promessa
    há um rosário de ternuras a cantar
    p`ra que Deus as nossas preces nãp esqueça
    e o mundo seja doce em cada olhar.
     
    No entanto do teu rosto de frescura
    há um gesto tão maior e tão presente
    p`ra que a alma seja franca e sempre pura
    e o sonho seja pomba eternamente.
     
    Na vontade do teu rumo de calmia
    há o brilho desta voz tão conselheira
    p`ra que o homem seja fonte de alegria
    e a jornada seja sempre companheira.
     
    No anseio do teu desejo de poema
    há a rima verso tão sonhado
    P`ra que a vida seja a obra mais suprema
    e o Poeta seja o bem mais desejado.
    "Maria Emilia"
     
     
     
     

  56. Marilia diz:

    Gostei muito do poema…
    Essa chuva de amor…esse fogo !! Uauauauau !!!!
    Mil beijos FLOR !!!!!

  57. si diz:

    Ouvir EstrelasOra ( direis ) ouvir estrelas!Certo, perdeste o senso!E eu vos direi, no entantoQue, para ouví-las,muitas vezes despertoE abro as janelas, pálido de espanto E conversamos toda a noite,enquanto a Via-Láctea, como um pálio aberto,Cintila.E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,Inda as procuro pelo céu deserto.Direis agora: "Tresloucado amigo!Que conversas com elas?Que sentido tem o que dizem,quando estão contigo? "E eu vos direi:"Amai para entendê-las!Pois só quem ama pode ter ouvidoCapaz de ouvir e e de entender estrelas                                                     (Olavo Bilac
    ola meu  querido-a  amigo-a  um  otimo  finalzinho  de  terça  feira
    um  ótima  noite  para  você
    beijos ***ju***
    saiba  que  te   gosto  muito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s